sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Filmes



“Eu nasci sob circunstâncias pouco usuais".

E assim começa “O Estranho Caso de Benjamin Button”, adaptado a partir da história de F. Scott Fitzgerald, sobre um homem que nasce com oitenta anos e regride na sua idade: um homem, como qualquer um de nós, que é incapaz de parar o tempo.

O filme conta a história de Benjamin (Brad Pitt) e da sua incomum viagem, das pessoas e lugares que descobre ao longo do seu caminho, dos seus amores, das alegrias da vida e da tristeza da morte, e daquilo que dura para além do tempo.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Salvar o planeta

SAVE the planet!



http://www.animalssavetheplanet.com/media/swf/design_video.swf?vidNumber=1

Literatura- Rio da Flores


Rio das Flores

Sevilha, 1915- Vale do Paraiba, 1945: trinta anos da história do século XX correm ao longo das páginas deste romance, com cenário no Alentejo, Espanha e Brasil.

Através da Saga dos Ribeira Flores, proprietários rurais alentejanos, somos transportados para os anos tumultuosos da primeira metade de um século marcado por ditaduras e confrontos sangrentos, onde o caminho q ue conduz à liberdade parece demasiado estreito e o preço a pagar demasiado alto. Entre o amor comum à terra que os viu nascer e o apelo pelo novo e desconhecido, entre amores e desamores de uma vida e o confronto de ideias que os separam, dois irmãos seguem percursos diferentes, cada um deles buscando à sua maneira o lugar da coerência e da felicidade.

Rio das Flores resulta de um minucioso e exaustivo trabalho de pesquisa histórica, que serve de panos de fundo a um enredo de amores, paixões, apego à terra e ás suas tradições e, simultâneamente, à vontade de mudar a oredm estabelecida das coisas.

Três gerações sucedem-se na mesma familia, tentando manter imutável o que a terra uniu, no meio da turbulência causada por décadas de paixões e ódios como o mundo nunca havia visto. No final, sobrevivem os que não se desviaram do seu caminho.



O novo romance histórico de Miguel Sousa Tavares, é um livro que nos traz o que o autor já nos habituou nos seus ultimos livros, uma pesquisa histórica pormenorizada e cheia de aventuras, com ganhos e perdas, e reflexões sobre os tabus culturais e educacionais. Bem escrito e descrito, fica aqui a sugestão. Fica aquém apenas o autor não conseguir a neutralidade sugerida a qualquer escritor que fala sobre politica. Boas leituras...

Vale a pena pensar nisto...

"Quem nunca sofreu por amor não aprenderá a amar. Amar é o terror de perder o outro, é o medo do silêncio e do quarto deserto, de tudo o que se pensa em poder falar, do que se murmura a sós sem ter a quem dizer em voz alta. É preciso sentir esse terror para saber o que é amar. E, quando o outro partiu e deixou atrás de si o silêncio e o quarto deserto, por entre os escombros e a humilhação de uma felicidade desfeita, resta o orgulho de saber que se amou".

MST in Rio das Flores

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Se pudesse dar-vos um conselho seria...

Se você é jovem ainda...
Amanhã velho será...
Ao menos que o coração sustente...
A juventude que nunca morrerá...

COMO MANTER-SE JOVEM

1. Deixe fora os números que não são essenciais. Isto inclui a idade, o peso e a altura.
Deixe que os médicos se preocupem com isso.

2. Mantenha só os amigos divertidos. Os depressivos puxam para baixo.
(Lembre-se disto se for um desses depressivos!)

3. Aprenda sempre:
Aprenda mais sobre computadores, artes, jardinagem, o que quer que seja. Não deixe que o cérebro se torne preguiçoso.
'Uma mente preguiçosa é oficina do Alemão.' E o nome do Alemão é Alzheimer!

4. Aprecie as pequenas coisas.

5. Ria muitas vezes, durante muito tempo e alto. Ria até lhe faltar o ar.
E se tiver um amigo que o faça rir, passe tempo com ele!

6. Quando as lágrimas aparecerem.
Aguente, sofra e ultrapasse.
A única pessoa que fica connosco toda a nossa vida somos nós próprios.
VIVA enquanto estiver vivo.

7. Rodeie-se das coisas que ama:
Quer seja a família, animais, plantas, hobbies, o que quer que seja.
O seu lar é o seu refugio.

8. Tome cuidado com a sua saúde:
Se é boa, mantenha-a.
Se é instável, melhore-a.
Se não consegue melhorá-la, procure ajuda.

9. Não faça viagens de culpa. Faça uma viagem ao centro comercial, até a um país diferente, mas NÃO para onde haja culpa.

10. Diga às pessoas que as ama a cada oportunidade.

Pescador de Sonhos: ...e já agora, vale a pena pensar nisto...


Aqueles q passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, e levam um pouco de nós...

Se falasse contigo hoje dir-te-ia...

Sweet Harmony



is it right or wrong
try to find a place
we can all belong?
be as one
try to get on by
if we unify?
we should really try...

all this time
spinning round and round
made the same mistakes
that we've always found
surely now
we could move along
make a better world?
no it can't be wrong

let's come together
right now
oh yeah
in sweet harmony

let's come together
right now
oh yeah
in sweet harmony

let's come together
right now
oh yeah
in sweet harmony

let's come together
right now
oh yeah

time is running out
let there be no doubt
we should sort things out
if we care
like we say we do
not just empty words
for a week or two

make the world
your priority
try to live your life
ecologically
play a part
in a greater scheme
try to live the dream
on a wider scene

let's come together
right now
oh yeah
in sweet harmony

...e já agora, vale a pena pensar nisto...

Aqueles q passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, e levam um pouco de nós...

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Hoje como tantas outras vezes...

Foste um cometa
que passou por cá e me levou pra lá
lá para algures, far away de nenhures
quem havia de dizer que tudo foi com um olhar

Nem sei se te apercebeste
se tens noção
ou sequer pensas em mim
e se me guardas em algum sitio dentro de ti

Hoje penso que te devia ter dito:
és especial demais pra mim
quero-te aqui
fica por perto
preciso de ti

Porém achei que para ti seriam apenas palavras
e que as palavras são levadas pelo vento
e estas certamante
seriam vazias de significado

Não te vejo, não te vi.
és poesia do meu olhar,
ilusão do meu sentir...
não te vi, nem te vejo.
fazes-me falta...

Sem ti não ouso ser
ando na periferia do que é viver
a tua imagem está longe
longe do meu ser

A ultima vez que te vi
guardei-te pra mim
como uma ilusão
hoje tenho essa ilusão
a ilusão
do teu cheiro
da tua luz
guardei-te com um sopro
um sopro de vida
um sopro no coração

anda anda ver-me, basta um segundo e devolves-me a vida...

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

The Wizard of Oz

Alguem se lembra do Feitiçeiro de Oz e da Judy Garland????
ou devo dizer quem não se lembra???
Fiquei nostálgica...q saudades tenho deste tempo...

Se falasse contigo hoje dir-te-ia...

Podem chamar-me lamechas, ronhonho, romantica, ultrapassada, q acredito: nos contos de fadas, no sapo que vira principe encantado, na Alice no país das Maravilhas, no sininho do Peter Pan, no feiticeiro de Oz, em histórias com finais felizes,...pois sim, acredito no Amor e gosto disto...


Hoje é um dia especial...

Parabens a uma das pessoas mais importantes da minha vida...
Parabens a um dos Homens da minha vida...
Obrigado por fazeres parte do meu Mundo e humilde vida...

um abraço do coração

Se falasse contigo hoje, dir-te-ia...

Tenho q me render...gosto, gosto mesmo,apesar de ser um som de verão...
Afinal o verão tb é qd um Homem/ Mulher quiser, não é só natal pois não????

I'm Yours- Jason Mraz & 50 Cent



We Sing, We Dance, We Steal Things
I'm Yours
Well, you done done me and you bet I felt it
I tried to be chill but you're so hot that I melted
I fell right through the cracks, and I'm tryin to get back
before the cool done run out I'll be givin it my bestest
and nothin's gonna stop me but divine intervention
I reckon it's again my turn to win some or learn some

I won't hesitate no more,
no more, it cannot wait, I'm yours

Well open up your mind and see like me
open up your plans and damn you're free
look into your heart and you'll find love love love
listen to the music of the moment people dance and sing
We're just one big family
It's your god forsaken right to be loved loved loved loved Loved

So, I won't hesitate no more,
no more, it cannot wait I'm sure
there's no need to complicate our time is short
this is our fate, i'm yours

*scat*

Do you want to come closer, dear?
And I will nibble your ear.

I've been spendin' way too long checkin' my tongue in the mirror
and bendin' over backwards just to try to see it clearer
but my breath fogged up the glass
[ Jason Mraz Lyrics are found on www.songlyrics.com ]
and so I drew a new face and laughed
I guess what I'm a sayin'is there ain't no better reason
to rid yourself of vanity and just go with the seasons
it's what we aim to do
our name is our virtue

I won't hesitate no more, no more
it cannot wait, i'm sure
(there's no need to complicate
our time is short
it cannot wait, i'm yours 2x

no please don't complicate, our time is short
this is our fate, im yours.
no please don't hesitate no more, no more
it cannot wait, the sky is yours!)

well open up your mind and see like me
open up your plans and damn you're free
look into your heart and you'll find love love love love
listen to the music of the moment come and dance with me
ah, la one big family
it's your God-forsaken right to be loved, loved, loved, loved
open up your mind and see like me
open up your plans and damn you're free
look into your heart and you'll find love love love love
listen to the music of the moment come and dance with me
ah, la happy family
it's our god forsaken right to be loved loved loved loved
listen to the music of the moment come and dance with me
ah, la peaceful melodies
it's you god forsaken right to be loved loved loved loved...



Gosto, gosto mesmo...digam lá se esta versão não está fantástica...

O melhor do mundo: as Crianças

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Fado do encontro



Vou andando, cantando
Tenho o sol à minha frente
Tão quente, brilhante
Sinto o fogo à flor da pele
Tão quente, beijando
Como se fosses tu

Ao longe, distante
Fica o mar no horizonte
É nele, por certo
Onde a tua alma se esconde
Carente, esperando
Esse mar és tu

Pode a noite ter outra cor
Pode o vento ser mais frio
Pode a lua subir no céu
Eu já vou descendo o rio...

Na foz, revolta
Fecho os olhos, penso em ti
Tão perto, que desperto
Há uma alma à minha frente
Tão quente, beijando
Por certo que és tu

Pode a lua subir no céu
E as nuvens a noite toldar
Pode o escuro ser como breu
Acabei por te encontrar

Vou andando, cantando
Tive o sol à minha frente
Tão quente, brilhando
Que a saudade me deixou
Para sempre,
Por certo
O meu Amor és tu.

Uma das minhas Divas

Uma das cantoras que sempre me acompanhou...hoje fiquei nostálgica e lembrei
algumas das músicas q sempre estiveram presentes em diversos momentos da minha vida,
por me identificar, por me projectar, por me fazerem vibrar,...
obrigado Marisa Monte

Preciso me encontrar




Bem que se quis



Ainda lembro




De noite na cama

Reflexoes

Alice no País das Maravilhas

Alice: por onde hei de ir...nao sei que caminho seguir, diz me gato por onde devo seguir...
Gato: primeiro tens q saber onde queres ir, so depois q caminho queres seguir, só nessa altura te poderei dizer se esse é o caminho que deves tomar


Nao importa a opiniao que nos deem sobre o caminho a seguir, serao meras reflexoes, que podem influenciar, ajudar a decidir, ou até mesmo a atrasar a nossa caminhada...o caminho é nosso e ninguém o pode escolher por nós, somente porque ninguém pode viver a nossa vida por nós...mesmo que seja um caminho menos percorrido...nem sempre o mais percorrido é necessariamente,o melhor...

Hoje como tantas outras vezes


Cuidei de mim, porque se não o fizer ninguém o fará...pelo menos da forma que é importante sermos nós mesmos a fazé lo... sim, duvidam que alguém cuida de nós melhor que nós mesmos???
Sim, cuidei de mim...
fiz uma aula de Tai Chi Chuan. Meu Deus que magnifico, que leveza de espirito, nao foi a primeira vez, mas caramba já nao me lembrava, o quanto é prazeroso, é arte pura, é historia que percorre um corpo que desconhece essa mesma história, é estar sem preconceitos, é libertarmos movimentos sem nos preocuparmos com as figuras que fazemos...
Hoje como tantas outras vezes
viajei...estive por momentos algures na China e fui um samurai, um monge em comunhao com o seu corpo e alma...
senti me livre... leve como uma pena que sobrevoa a nuvem mais alta e bela...
fiz uma massagem, deixei me levar pelas maos que me tocavam, que insistiam em retirar me os nós que me bloqueavam e que quase me sufocavam...para enfim voltar a respirar...sim respirar...
hoje como tantas outras vezes
parei e respirei, para somente perceber que cada minuto que respiro sao 60 segundo que vivo...
Hoje como tantas outras vezes...
espretei o mar, caminhei na praia, senti a àgua tocar-me, abraçando me os pés e quase que a arrefecer me a alma...
hoje como tantas outras vezes
cuidei de mim, porque sim, porque me faz bem...
hoje comi algo que nunca tinha comido, vesti algo que nunca tinha vestido, olhei o horizonte como nunca o tinha olhado, vi rostos que nunca tinha visto, estive num lugar nunca visitado... e sim hoje cuidei de mim...porque so assim cuidarei de ti, de mim e de nós...hoje fiz por mim porque amanha poderei faze lo por ti...

Hoje como tantas outras vezes...

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

One of these mornings




One of these mornings
Won't be very long
You will look for me
And I'll be gone

Como tantas outras vezes

Hoje senti-me como tantas outras vezes,com uma energia que me rasga, um pensamento que circula e afasta. Uma força voraz, um furor que me trespassa. Sem temor, mas em tremor, sinto uma ousadia sem pudor.
Sou diferente dos demais,(...)sou aquela que nao sei quando e quanto me basta, porque a intensidade é senhora e rainha de mim. Todas as emoções me vêm dizer:- sinto-te até ás entranhas, mesmo que longe estejas...
o meu sangue corre todos os labirintos do meu ser.
Quero demais, porque sinto demais. Porque no meu corpo não há limites, só vontades. E sem nunca to dizer:- Fazes parte do mais intimo e infinito lugar do meu ser.
Sinto uma exigência exasperada, uma licença proclamada, uma necessidade emancipada.
Esta energia de que falo é mais do que sei dizer...
sinto uma falta incessante, não sei como fazer, pois sinto a tua falta sem te ter...quero encontrar-te, preciso rever-te, na esperança que esta anormalidade se torne normal...e a minha vida volte a ter, o significado que é viver.

sinto que vou emergir...
diz-me...
sou eu...
não me deixes mal...


is anybody out there?

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Perfect Symmetry

>Ooo
Ooo

I'm waiting
For my moment to come
I'm waiting
For the movie to begin
I'm waiting
For a revelation
I'm waiting for someone
To count me in

Cos now
I only see my dreams
In everything I touch
Feel their cold hands on
Everything that I love
Cold like some
Magnificant skyline
Out of my reach
But always
In my eyeline now

We're tumbling down
We're spiralling
Tied up to the ground
We're spiralling

I fashioned you
From jewels and stone
I made you
In the image of myself
I gave you
Everything you wanted
So you would never know
Anything else

But everytime
I reach for you
You slip
Through my fingers
Into cold sunlight
Laughing at the things
That I had planned
The map of my world gets
Smaller as I sit here
Pulling at the loose
Threads now

We're tumbling down
We're spiralling
Tied up to the ground
We're spiralling
When we fall in love
We're just falling
In love with ourselves
We're spiralling

Did you wanna be a winner?
Did you wanna be an icon?
Did you wanna be famous?
Did you wanna be the president?
Did you wanna start a war?
Did you wanna have a family?
Did you wanna be in love?
Did you wanna be in love?

I never saw the light
I never saw the light
I waited up all night
But I never saw the light

When we fall in love
We're just falling
In love with ourselves
We're spiralling
We're tumbling down
We're spiralling
Tied up to the ground
We're spiralling

Ooo
Ooo

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

É isso ai...




É isso aí
Como a gente achou que ia ser
A vida tão simples é boa
Quase sempre
É isso aí
Os passos vão pelas ruas
Ninguém reparou na lua
A vida sempre continua

Eu não sei parar de te olhar
Eu não sei parar de te olhar
Não vou parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não sei parar
De te olhar

É isso aí
Há quem acredite em milagres
Há quem cometa maldades
Há quem não saiba dizer a verdade
É isso aí
Um vendedor de flores
Ensinar seus filhos a escolher seus amores

Eu não sei parar de te olhar
Eu não sei parar de te olhar
Não vou parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não vou parar de te olhar

Amar de verdade...




Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exacto. E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome…
Auto-estima.

Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é…
Autenticidade.

Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de…
Amadurecimento.

Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é…
Respeito.

Quando me amei de verdade comecei a livrar me de tudo que não fosse saudável… Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama…
Amor-próprio.

Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro. Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é…
Simplicidade.

Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei menos vezes.
Hoje descobri a…
Humildade.

Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de me preocupar com o futuro. Agora, mantenho me no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é…
Plenitude.

Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode atormentar me e decepcionar me. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela torna se uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é…
Saber viver!!!

Não devemos ter medo dos confrontos...
Até os planetas se chocam e do caos nascem as estrelas.

Charles Chaplin

Ode ao amor

Não sei bem ao que vim, mas vim, não de passagem, mas pra ficar...umas vezes com orgulho, outras em plena crise existencial, mil perguntas teimam em pairar no ar e nenhuma resposta pra acalmar e algum alento dar.
Serei masoquista, mais uma alma perdida...mas eu não sou paraquedista, como é que aqui vim parar?...sei ao que vim, vim pra amar...como te entendo Florbela, qd dizias eu quero amar, amar perdidadamente...eu quero amar, amar sem parar, tenho tanto ainda por dar...por vezes dou, dou o dia inteiro, gratuita e altruisticamente, tambem o faço por necessidade, nao sei ser de outra forma...como sou feliz qd o faço...mas há uma estranhesa neste dar...há quem de por dar, há quem dê porque quer receber, há quem o faça sem sequer imaginar a arte que é amar...a vida é bela, qd se ama, melhora qd se é amado...porque esperamos algo do lado de lá?...porque não amamos somente e pronto, já está...amo-te e sem mais nada esperar, amo-te pq sim, amo-te pq me fazes feliz, mas amo-te cima de tudo pq me fizeste acreditar q sou capaz de o fazer...sou capaz de amar...a ti, a ti, e a ti tb, sim a ti tb..., e tu ai atrás tb,a quem está ao teu lado, o meu amor é infinito, o teu e o teu tb, o amor é infinito, transparente, colorido, é verde, vermelho, amarelo, é o arco iris inteiro, brilhante, extraordinário, fantástico, grandioso, o amor é...não se traduz,é inefável, mas pq o queremos traduzir?trasmitir? ora é uma bençao ora uma virose. Seja como for o amor é o melhor q está dentro de cada um de nós, sim o melhor, nao aceitem ideias contrárias, é tudo mentira, pois enquanto amamos somos verdadeiramente felizes...nao estás feliz?...entao procura...pois o amor está dentro de ti...o amor e a nossa melhor parte, a mais pura sensaçao, amar e liberdade, e exaustão de bem estar, é uma inquietaçao arrepiante de bem estar incessante...diz-me o q mais o amor é...amar é atravessar oceanos, é salvar uma gaivota, é deixar crescer uma planta, é ajudar a velhinha q atravessa a rua, é olhar uma criança, é ver a onda q rebenta, é acompanhar, é envelhecer, é ter coragem de dizer nao, é perdoar, é não atraiçoar, é saber esperar, é cuidar, é sorrir mesmo qd apetece chorar, é dizer a verdade, e é chorar tb qd apetece sorrir, é saber estar, é estar qd se precisa por vezes ir, é estar contigo sempre mesmo qd nao estás...é ser uma centena de pessoas, é ser solidário, ombro amigo, nao ignorar, ou desprezar...é sentir necessidade de fazer bem, e fazer alguem sorrir hora a hora, e arriscar viver, é estar vivo, é contentar quem contente não está...é saber ouvir, escutar, sentir...e uma ilha, e o sol, e uma arvore, e um oceano, e terra molhada, e cheiro, é saliva,é sangue, é vida...o amor és tu, eu, nós todos...não deixes de me amar...pois eu jamais deixarei de o fazer...como e bom amar...

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

O sonho de um aluno do 9ºano...Novas oportunidades...

Assunto: Composição de um aluno do CEF - 9º ANO

isto ainda não tem nada a ver com o acordo ortografico...Isto é que são novas oportunidades...


Eu axo q os alunos n devem d xumbar qd n vam á escola. Pq o aluno tb
tem direitos e se n vai á escola latrá os seus motivos pq isto tb é
perciso ver q á razões qd um aluno não vai á escola. primeiros a
peçoa n se sente motivada pq axa q a escola e a iducação estam uma
beca sobre alurizadas.*

*Valáver, o q é q intereça a um bacano se o quelima de trásosmontes
é munto montanhoso? ou se a ecuação é exdruxula ou alcalina? ou
cuantas estrofes tem um cuadrado? ou se um angulo é paleolitico ou
espongiforme? Hã?

E ópois os setores ainda xutam preguntas parvas tipo cuantos cantos
tem 'os lesiades', q é um livro xato e q n foi escrevido c/ palavras
normais mas q no aspequeto é como outro qq e só pode ter 4 cantos
comós outros, daaaah.

Ás veses o pipol ainda tenta tar cos abanos em on, mas os bitaites dos
profes até dam gomitos e a malta re-sentesse, outro dia um arrotou q
os jovens n tem abitos de leitura e q a malta n sabemos ler nem
escrever e a sorte do gimbras foi q ele h-xoce bué da rapido e só o
'garra de lin-chao' é q conceguiu assertar lhe com um sapato. Atão
agora aviamos de ler tudo qt é livro desde o Camóes até á idade média
e por aí fora, qués ver???

O pipol tem é q aprender cenas q intressam como na minha escola q á um
curço de otelaria e a malta aprendemos a faser lã pereias e ovos mois
e merdas dexicolate q são assim tipo as pecialidades da rejião e ópois
pudemos ganhar um gravetame do camandro. Ah poizé! tarei a inzajerar?

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Better in Time


(Ooooh)

It's been the longest winter without you
I didn't know where to turn to
See somehow I can't forget you
After all that we've been through

Going coming thought I heard a knock
Who's there no one
Thinking that I deserve it
Now I realize that I really didn't know
If you didn't notice you meant everything
Quickly I'm learning to love again
All I know is I'm gon' be ok

[Chorus:]
Thought I couldn't live without you
It's gonna hurt when it heals too
It'll all get better in time
Even though I really love you
I'm gonna smile cause I deserve to
It'll all get better in time

I couldn't turn on the TV
Without something there to remind me
Was it all that easy
To just put aside your feelings

If I'm dreaming don't wanna laugh
Hurt my feelings but that's the past
I believe it
And I know that time will heal it
If you didn't notice boy you meant everything
Quickly I'm learning to love again
All I know is I'm gon' be ok

[Chorus:]
Thought I couldn't live without you
It's gonna hurt when it heals too
It'll all get better in time
Even though I really love you
I'm gonna smile cause I deserve to
It'll all get better in time

Since there's no more you and me
It's time I let you go
So I can be free
And live my life how it should be
No matter how hard it is I'll be fine without you
Yes I will

[Chorus: x2]
Thought I couldn't live without you
It's gonna hurt when it heals too
It'll all get better in time
Even though I really love you
I'm gonna smile cause I deserve to
It'll all get better in time

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

As rédeas da sua vida

Tome a sua vida em suas mãos,
E não entregue a direcção dela a ninguém.
Por mais que te amem, por mais que desejem o seu bem,
só você é capaz de saber o que realmente sente,
E aquilo que você passa de impressão para os outros,
Nem sempre corresponde ao que vai na sua alma.

Quantas vezes você já sorriu
Para disfarçar uma lágrima teimosa?
Quantas vezes quis gritar e sufocou o pranto?
Quantas vezes quis sair correndo de algum lugar
E ficou por educação, respeito ou medo?
Quantas vezes tudo o que você desejou era apenas um abraço.
Um consolo, uma palavra amiga e só recebeu ingratidão?

Quantos passos foram necessários para chegar
Até onde você chegou?
Criticar é fácil, mas usar o seu sapato ninguém quer,
vestir as suas dores ninguém quer,
saber dos seus problemas?
só se for por curiosidade,
Por isso, não entregue a sua vida nas mãos de ninguém,
nada de acreditar que sem essa ou aquela pessoa,
você não vai viver!
Vai viver sim, o mundo continua girando e,
se você deixar, pode te trazer algo muito melhor.

Pegue a direção da sua vida e aponte para onde a placa diz "caminho do sol", bem na curva da felicidade, que te espera sem pressa, para viver com amor e intensidade, a paz, a harmonia e a felicidade.
--
A vida não é medida pelo número de vezes que você respirou, mas pelos momentos em que você perdeu o fôlego...

segunda-feira, 1 de setembro de 2008



How lucky can one guy be;
I kissed her and she kissed me
Like the fella once said,
Ain't that a kick in the head?
The room was completely black
I hugged her and she hugged back.
Like the sailor said, quote,
"Ain't that a hole in the boat?"
My head keeps spinning;
I go to sleep and keep grinning;
If this is just the beginning,
My life's gonna be beautiful.
I've sun- shine enough to spread;
It's like the fella said,
"Tell me quick
Ain't love like a kick in the head?"

Like the fella once said,
Ain't that a kick in the head?

Like the sailor said, quote,
"Ain't that a hole in the boat?"
My head keeps spinning;
I go to sleep and keep grinning;
If this is just the beginning,
My life's gonna be beautiful.
She's telling me we'll be wed;
She's picked out a king size bed.
I couldn't feel any better or I'd be sick;
Tell me quick, oh ain't love a kick?
Tell me quick, ain't love a kick in the head?

Mudança

Mudança

Quando eu era jovem e livre,
sonhava em mudar o mundo.

Na maturidade,
descobri que o mundo não mudaria.

Então resolvi transformar meu país.

Depois de algum esforço,
terminei por entender
que isto também era impossível.

No final de meu anos
procurei mudar minha família,
mas eles continuaram a ser como eram.

Agora, no leito de morte,
descubro que minha missão
teria sido mudar a mim mesmo.

Se tivesse feito isto,
eu teria sido capaz
de transformar minha família.

Então, com um pouco de sorte,
esta mudança afetaria meu país
e - quem sabe - o mundo inteiro.

(Epitáfio de um bispo anglicano da Abadia de Westminster, século XII)

"A experiência é uma professora difícil, porque ela dá o teste primeiro, e a lição depois."

(Vernon Sanders Law)

Começar de novo...

Ausente de mim mesma
quantas vezes me ausento?de mim? do mundo?
não sei, talvez não queira saber, pra quê? pra me ausentar mais um pouco?...
podia dizer que é por ser verão e ando a viver lá fora...
mas seria meia verdade...poque a outra metade de mim esteve ausente
não sei dizer, não quero dizer...
mas voltei
e vou começar e novo...


quarta-feira, 25 de junho de 2008

Simplesmente genial...



Vida em câmara lenta
oito ou oitenta
sinto que vou emergir
já sei de cor
todas as canções de amor
para à conquista partir

diz que tenho sal
não me deixes mal
não me deixes...

no livro que eu não li
no filme que eu não vi
na foto onde eu não entrei
Noticia do jornal,
um quadro minimal
sou eu

vida à média-rés
levanta os pés
não vás em futebois
apesar do intervalo
que é quando eu falo
para não incomodar

não me deixes na historia
que não terminou
não me deixes

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Beijo...

Os teus lábios são um convite aos meus para molhá-los...
Lábios carnudos, provocantes...
Esses lábios colados aos meus...
Sentir o sabor da tua língua morna e turbulenta, envolvendo a minha...
Nossos sentidos, nossos corações acelerados...
A nossa união única nesse beijo, submetendo os nossos corpos às tentações
O desejo...As nossas línguas trocadas e com elas as nossas salivas... A vontade de ficar dando tempo ao tempo entregue ao momento desse beijo.
A nossa fome de boca, de tacto de língua vale por tudo... É a viagem em nós através do que possa haver de mais sublime
O beijo!

Amar...

Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: Aqui...além...
Mais Este e Aquele, o Outro e a toda a gente...
Amar! Amar! E não amar ninguém!

Recordar? Esquecer? Indiferente!...
Prender ou desprender? É mal? É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
durante a vida inteira é porque mente!

Há um Primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
que seja a minha noite uma alvorada,
que me saiba perder...pra me encontrar...

Florbela Espanca

sexta-feira, 16 de maio de 2008

Para um fim de semana inesquecivel...

Monte Chora Cascas

Um lugar a visitar,embora não acessivel a qualquer bolsa, é sem dúvida uma extravagância a fazer. Um espaço de turismo rural, mas não se fica por ai, é um lugar onde existem várias actividades a realizar,desde andar de bicicleta,jogar ténis,usufruir da piscina e dos jardins,assim como as belas paisagens tipicamente alentejanas.E pra quem é curioso e apreciador de vinhos existem inumeras adegas a visitar na região. Além disso não se pode ignorar a gastronomia local.
Existe algo mágico neste sitio...os quartos são de cores diferentes, quando são atribuidos é pela cõr e não por números, em todos eles há uma pequena surpresa. E têm uma particularidade engraçada, os objectos que tiverem uma fita vermelha podem ser adquiridos, curioso,não???

Para os mais aventureiros, excêntricos ou até românticos, podem ainda escolher um passeio de balão que termina com uma taça de Champagne...querem mais??? Vejam com os próprios olhos...enjoy the moment...

Aqui fica o link:

http://www.wonderfulland.com/wonder2006/sleep/montechoracascas/indexhouse.htm#atmosphere

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Metade...

Que a força do medo que tenho
não me impeça de ver o que anseio
que a morte de tudo em que acredito
não me tape os ouvidos e a boca
porque metade de mim é o que eu grito
mas a outra metade é silêncio.
Que a música que ouço ao longe
seja linda ainda que tristeza
que a mulher que amo seja pra sempre amada
mesmo que distante
porque metade de mim é partida
mas a outra metade é saudade.
Que as palavras que eu falo
não sejam ouvidas como prece e nem repetidas com fervor
apenas respeitadas como a única coisa
que resta a um homem inundado de sentimentos
porque metade de mim é o que ouço
mas a outra metade é o que calo.
Que essa minha vontade de ir embora
se transforme na calma e na paz que eu mereço
e que essa tensão que me corrói por dentro
seja um dia recompensada
porque metade de mim é o que penso
mas a outra metade é um vulcão.
Que o medo da solidão se afaste
e que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável
que o espelho reflita em meu rosto num doce sorriso
que eu me lembro ter dado na infância
porque metade de mim é a lembrança do que fui
a outra metade não sei.
Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
pra me fazer aquietar o espírito
e que o teu silêncio me fale cada vez mais
porque metade de mim é abrigomas a outra metade é cansaço.
Que a arte nos aponte uma respostamesmo que ela não saiba
e que ninguém a tente complicar
porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer
porque metade de mim é platéia
e a outra metade é canção.
E que a minha loucura seja perdoada
porque metade de mim é amor
e a outra metade também...

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Há um tempo...



Há um tempo em que é preciso
abandonar as roupas usadas,
que já têm a forma do nosso corpo,
e esquecer os nossos caminhos, que
nos levam sempre aos mesmos lugares.
É o tempo da travessia: e se não ousarmos
fazê-la, teremos ficado, para sempre,
à margem de nós mesmos.


Fernando Pessoa

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Amar...

Existem inúmeros textos que falam sobre Amor...Poetas,Cantores,Filósofos,Psicólogos, Teólogos,Quimicos,etc Já tentaram definir esse fenómeno indiscritivel, que nos faz vibrar,sorrir, saltar de emoção, sentir um corropio por todo o corpo,sentir que estamos verdadeiramante vivos...como é bom amar...amar é sinónimo de respeito, confiança, partilha, companheirismo, amizade, amar é cuidar, amar é admirar com o Cérebro...por mais palavras que acrescentasse nada completaria esse vocábulo que parece interminável e que nos transcende...

Uma das pessoas que mais amei foi a minha querida avó, como era sábia e sabia Amar...ensinou-me que o amor verdadeiro é incondicional e não é efémero, tinha 7 anos na altura, não entendi o que queria dizer, respondeu-me que com o tempo iria compreender e mais que isso o meu coração iria comunicar-me, pois é, não se enganou ...

Um dia um jovem branco que passava junto a um acampamento indio, parou e perguntou a um indio porque as suas prezes, rituais e canções falavam sempre de água, a isto indio respondeu, porque falamos daquilo que mais nos faz falta...aproveitando ainda pra perguntar ao jovem que passava, então e vocês de que falam e sobre o que são as vossas canções?? O Jovem respondeu na maioria falam de Amor...(provavelmente pq buscamos algo que tb nos faz falta, talvez mesmo o q mais falta nos faz).

Por isso e se tivesse que descrever ou escrever sobre o seu significado escolheria a voz inconfundivel e única de Shirley Bassey com Never,Never, Never...


http://www.youtube.com/watch?v=gyY8QkKMEig

domingo, 27 de abril de 2008

Nostalgia...


Hoje acordei assim, nostálgica, sem saber porquê...
Saudade de quando tudo era claro e não havia a sombra
de tudo o que existe de ruim no mundo...
Eu não sabia tanta coisa, que hoje sei e faz parte do mundo
que co-habito...Nostalgia?Saudosismo?Masoquismo?
Que importa isso se hoje acordei assim...assim,sem saber porquê...
apenas sei que se pudesse antes, saber o que sei hoje,
teria sorrido mais do que sorri,
teria corrido mais do que corri,
teria sentido tudo mais do que senti,
mais sabem que mais... viveria tudo num segundo,
mas repetiria tudo de novo, e sabem porquê?
Porque se tudo tivesse sido diferente, hoje eu não seria eu
e eu, sou mais eu...porque nem sei ser outra coisa...

Se falasse contigo Hoje dir-te-ia...

Te Ver...

Tributo a Carlos Paredes

A tecnologia não pára,que sirva de exemplo este trabalho que uma artista amiga fez sobre Carlos Paredes.

sexta-feira, 18 de abril de 2008

Fazes muito mais que o Sol...



há qualquer coisa de leve na tua mão,
qualquer coisa que aquece o coração
há qualquer coisa quente quando estás,
qualquer coisa que prende e nos desfaz

fazes muito mais que o sol
fazes muito mais que o sol

a forma dos teus braços sobre os meus,
o tempo dos meus olhos sobre os teus
desço nos teus ombros para provar
tudo o que pediste para levar

fazes muito mais que o sol
fazes muito mais que o sol
fazes muito mais que o sol
fazes muito mais…

tens os raios fortes a queimar
todo o gelo frio que construí
entras no meu sangue devagar
e eu a transbordar dentro de ti

tens os raios brancos como um rio,
sou quem sai do escuro para te ver,
tens os raios puros no luar,
sou quem grita fundo para te ter

fazes muito mais que o sol
fazes muito mais que o sol
fazes muito mais que o sol
fazes muito mais…

quero ver as cores que tu vês
para saber a dança que tu és
quero ser do vento que te faz
quero ser do espaço onde estás

deixa ser tão leve a tua mão,
para ser tão simples a canção
deixa ser das flores o respirar
para ser mais fácil te encontrar

fazes muito mais que o sol
fazes muito mais que o sol
fazes muito mais que o sol
fazes muito mais…

vem quebrar o medo, vem
saber se há depois
e sentir que somos dois,
mas que juntos somos mais

quero ser razão para seres maior
quero te oferecer o meu melhor
quero ser razão para seres maior
quero te oferecer o meu melhor

fazes muito mais que o sol
fazes muito mais que o sol
fazes muito mais que o sol
fazes muito mais que o sol
fazes muito mais que o sol

Para ajudar a acabar com a Pornografia Infantil

Caros Amigos,
Está em curso uma petição online para acabar com os sites de pornografia infantil.
A única coisa que vos pedem é para acender uma vela virtual.
O objectivo é acender um milhão de velas em 4 meses.
O link está mais abaixo.
Eu já acendi a minha...
As crianças agradecem. E o resto do mundo também.


http://www.lightamillioncandles.com

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Definitivo...

Definitivo, como tudo o que é simples.
Nossa dor não advém das coisas vividas,
mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.

Sofremos por quê?
Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido junto e não tivemos,por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos.
Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.

Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um amigo, para nadar, para namorar.

Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os
momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas angústias se ela estivesse interessada em nos compreender.

Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada.

Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo
confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam,
todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar.

Por que sofremos tanto por amor?
O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez companhia por um tempo razoável,um tempo feliz.

Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um
verso:

Se iludindo menos e vivendo mais!!!
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida
está no amor que não damos, nas forças que não usamos,
na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do
sofrimento,perdemos também a felicidade.

A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional...

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Para Reflectir...

A professora do ensino básico Ana Maria pediu aos alunos que fizessem uma
redacção sobre o que gostariam que Deus fizesse por eles.

No fim da tarde, quando corrigia as redacções, leu uma que a deixou muito
preocupada



O marido que, nesse momento, acabava de entrar, viu-a a chorar e perguntou:

- "O que é que aconteceu?"

Ela respondeu:

"Lê isto."

Era a redacção de um aluno



"Senhor, esta noite peço-te algo especial: transforma-me num televisor.

Quero ocupar o lugar dele. Viver como vive a TV da minha casa.

Ter um lugar especial para mim, e reunir a minha família à volta.

Ser levado a sério quando falo... Quero ser o centro das atenções e ser
escutado sem interrupções nem perguntas.

Quero receber o mesmo cuidado especial que a TV recebe quando não funciona.

E ter a companhia do meu pai quando ele chega em casa, mesmo quando está
cansado.

E que a minha mãe me procure quando estiver sozinha e aborrecida, em vez de
me ignorar. E ainda que os meus irmãos briguem para estar comigo.

Quero sentir que a minha família deixa tudo de lado, de vez em quando, para
passar alguns momentos comigo.

E, por fim, faz com que eu possa diverti-los a todos.

Senhor, não te peço muito...

Só quero viver o que vive qualquer televisor!"



Naquele momento, o marido de Ana Maria disse:

- "Meu Deus, coitado desse miúdo! Que pais"!



E ela olhou-o e respondeu:

- "Essa redacção é do nosso filho".

sábado, 29 de março de 2008

Saudade


Ah ! Saudade!

A saudade é algo assim.
Uma agonia sem fim
Uma dor dentro da alma
que chora dentro de mim
Saudade é um rio pequeno
Que corre pra junto do mar
É como a ilusão de um dia te encontrar

Saudade! Ah ! Saudade

Por que me atormentas tanto
Me deixas assim nesse pranto
Como um pássaro sem poder voar
Uma rosa sem perfume
que Ninguém gosta de cheirar
Enfim, a saudade é tanta
Que me faz pensar
Que pra sentir saudade
Não precisa se esforçar

Sonho que sonho contigo


Sonho

Se um dia eu dormisse
Pra nunca mais acordar
Dormiria em teus braços
Com tuas mãos a me afagar
E contigo,com certeza
Eu iria sonhar
Assim como em teus sonhos
Eu sonho em estar
E numa praia deserta
Iríamos encontrar-nos
Mãos dadas,
Por do sol a admirar
E quando a lua chegasse
Com a noite a esfriar
Pra aquecer o teu corpo
Eu iria abraçar-te
E rosto no rosto
Olhar no teu olhar
Nossos lábios molhados
Ah, eu ia beijar-te.
E nesse beijo ardente
O tempo ia parar
Porque o paraíso, meu amor.
É viver a te beijar!

O que sempre quis...


Sonho de Amor

Quero afundar-me no teu olhar,
quero sentir o sabor da tua boca,
sentir o que eu sempre quis,
quero saber mais sobre ti,
quero navegar nos teus sonhos,
quero acreditar no verdadeiro amor,
quero sentir meu coração respirar novamente,
quero ter-te para mim,
quero sentir o cheiro do teu perfume,
quero olhar para ti e sorrir,
quero contar-te os meus segredos
e compartilhar minha vida,
quero tocar na tua pele e encontrar teu brilho,
quero viver contigo . . .

quarta-feira, 26 de março de 2008

Poesia do meu coração...


Quero amar-te como ninguém te amou...
Em toda a parte quero ter-te sem fim...
Como se fosses tu uma parte de mim...
Amar-te até desconhecer quem sou...

Quero encontrar-te se ninguém te encontrou...
Passear contigo entre as flores do jardim...
Colher as mais perfumadas que o jasmim...
Para que por ti saibas quem se apaixonou...

Quando te imagino sabes o que eu vejo...
Alguém que encheria todo o meu ego...
Por isso encontrar-te é o que eu almejo...

E se não podes amar-me por medo...
Aqui te deixo um secreto desejo...
Seremos amantes em grande segredo...

terça-feira, 25 de março de 2008

Pra Reflectir...



Quem nos deu asas para andar de rastos?
Quem nos deu olhos para ver os astros
- Sem nos dar braços para os alcançar?!...



Florbela Espanca

sábado, 15 de março de 2008

Para Sempre, Talvez...



Quantos de nós sempre que iniciamos um relacionamento pensamos que é pra sempre, ou que é desta...??? Precisamente...procuramos todos o mesmo...i think so...até vir a primeira desilusão...pois é disso mesmo que este filme trata...uma comédia hilariante, cheia de encontros e desencontros, tal qual a vida real...
Aqui fica a sinopse do filme...bom filme...

Will (Ryan Reynolds), um jovem pai, com 30 e tal anos, residente em Manhattan, que atravessa um processo de divórcio, fica surpreendido quando a sua filha de filha de 10 anos, Maya (Abigail Breslin), o começa a questionar sobre a sua vida antes do casamento. Maya quer saber absolutamente tudo sobre como os seus pais conheceram e apaixonaram.A história começa em 1992, quando o jovem Will, aspirante a politico se muda do Wisconsin para Nova Iorque, a fim de trabalhar na campanha presidencial. Para Maya, Will revive o seu passado como um jovem idealista em aprendizagem dos prós e contras da política na grande cidade, e conta-lhe a história dos seus relacionamentos românticos com três mulheres muito diferentes.Will tenta desesperadamente contar uma história mais ligeira à sua filha, e altera os nomes de modo que Maya tem de adivinhar quem é a mulher com a qual ele acabou por se casar. Será a sua mãe a namorada da universidade, a simpática Emily (Elizabeth Banks)? Ou será a amiga de longa data e confidente, a pouco interessada por política April (Isla Fisher)? Ou será a livre-espirito mas ambiciosa jornalista Summer (Rachel Weisz)?À medida que Maya junta as peças da misteriosa história de amor do seu pai, ela percebe que o amor não é assim tão simples ou fácil. E Maya irá também ajudar Will a compreender que, de facto, nunca é tarde demais para voltar atrás e encontrar um final feliz.

terça-feira, 11 de março de 2008

You are beautiful...



My life is brilliant.
My love is pure.
I saw an angel.
Of that I'm sure.
She smiled at me on the subway.
She was with another man.
But I won't lose no sleep on that,
'Cause I've got a plan.

You're beautiful. You're beautiful.
You're beautiful, it's true.
I saw your face in a crowded place,
And I don't know what to do,
'Cause I'll never be with you.

Yeah, she caught my eye,
As we walked on by.
She could see from my face that I was,
Flying high,
And I don't think that I'll see her again,
But we shared a moment that will last till the end.

You're beautiful. You're beautiful.
You're beautiful, it's true.
I saw your face in a crowded place,
And I don't know what to do,
'Cause I'll never be with you.

You're beautiful. You're beautiful.
You're beautiful, it's true.
There must be an angel with a smile on her face,
When she thought up that I should be with you.

«Bicha a Dar com Um Pau»


Cultura para quem passar por Portimão.
Porque a Revista não pode morrer e porque a revista também é cultura...

«É bicha a dar com o pau!» é a nova revista do Boa Esperança» em Portimão

«É bicha a dar com o pau!!!»
O Boa Esperança, teve estreia oficial,da sua tradicional revista de carnaval, apenas para convidados, no dia 25 de Janeiro, às 21h30, na sala da colectividade, junto à Igreja Matriz de Portimão.

«É Bicha a dar com o Pau!» é o título deste ano, em que o quotidiano de Portimão, a vida política nacional e local dão o mote para quadros humorísticos e musicais, este ano com a participação especial de António Calvário.

Para o grande público, o espectáculo começa a partir de dia 26(com excepção de 2, 3, 4 e 5 de Fevereiro), às quintas, sextas e sábados (21h30) e aos domingos (16h00 e
21h30).

Bilhetes à venda no local. Reservas: 282422976.

Je Réalise...



Para quem sabe francês fantástico, para quem sabe inglês excelente, para todos a mensagem que está escrita e cantada...je réalise...

Eu sei que vou te Amar...

Adriana Calcanhoto & Daniela Mercury

Fico Assim sem você...

segunda-feira, 10 de março de 2008

A Força de um Abraço...


Existe algo num simples abraço que trespassa a alma e aquece o coração!!!
Um abraço é algo extraordinário, magnifico, espantoso, caloroso, contentor, protector, aconchegante, excitante, relaxante, apaziguador...é algo que nos dá as boas vindas quando voltamos para casa, algo que torna mais fácil a partida.
Um abraço é uma forma de dividir as alegrias e tristezas,
ou só uma forma para dizer que se gosta porque, simplesmente, você é você. E você é especial pra quem o abraça...
Abraços significam amor para alguém com quem realmente nos importamos....
Um abraço é algo espantoso...é a forma perfeita de mostrar o amor que sentimos, mas as palavras não podem dizer, as palavras nem sempre conseguem transmitir o que sentimos, o abraço é a tradução desse sentir...
É engraçado como um simples abraço nos faz sentir bem...em qualquer lugar
É sempre compreendido...desejado, esperado...até mesmo quando nos zangamos ou nos sentimos desassossegados, quantos de nós nos acalmamos com um simples abraço???
Abraços não precisam de equipamentos, pilhas ou baterias especiais...
É só abrir os braços e os corações...


Curioso anda meio mundo carente, meio mundo a querer encontrar a sua alma gémea, em busca de algo...contudo quantas vezes abraçamos as pessoas que gostamos, as pessoas que gostam de nós?? Provavelmente o que tanto ansiamos pode estar mesmo ali, á espera de uma abraço...
Qual é o preço de uma abraço? Quanto doi dar um abraço?
Quantos pintores ja representaram abraços...Quantos Poetas já descreveram o seu valor...Cantores escreveram cançoes...e você como descreveria um abraço...o que significa para si?

Ja recebeu um abraço hoje
Nao
Entao receba este abraço...sentiu...
Guarde este abraço apertado!

Um dia super abençoado e repleto de boas notícias.

Boa semana!

terça-feira, 4 de março de 2008

Para Reflectir...


Pais e Filhos

Legião Urbana

Composição: Renato Russo


Estátuas e cofres

E paredes pintadas

Ninguém sabe o que aconteceu

Ela se jogou da janela do quinto andar

Nada é fácil de entender

Dorme agora huhuhuhu

É só o vento lá fora

Quero colo

Vou fugir de casa

Posso dormir aqui

Com vocês?

Estou com medo tive um pesadelo

Só vou voltar depois das três

Meu filho vai ter

Nome de santo

Quero o nome mais bonito

É preciso amar as pessoas

Como se não houvesse amanhã

Por que se você parar, pra pensar.

Na verdade não há

Me diz por que que o céu é azul

Explica a grande fúria do mundo

São meus filhos que tomam conta de mim

Eu moro com a minha mãe

Mas meu pai vem me visitar

Eu moro na rua não tenho ninguém

Eu moro em qualquer lugar

Já morei em tanta casa que nem me lembro mais

Eu moro com os meus pais huhuhuhu

É preciso amar as pessoas

Como se não houvesse amanhã

Por que se você parar, pra pensar.

Na verdade não há

Sou uma gota d\'água

Sou um grão de areia

Você me diz que seus pais não lhe entendem

Mas você não entende seus pais

Você culpa seus pais por tudo

E isso é absurdo

São crianças como você

O que você vai ser

Quando você crescer

A escolha musical para Hoje...Ana Carolina


Cantora e compositora mineira compõe há alguns anos. Ana começou a gravar em 1999, desde logo teve um êxito meteórico, é um tudo em um...Cantora, arranjadora, percussionista, violonista, compositora. Ana Carolina, tem novo CD, intitulado Dois Quartos, são dois Cds, para nos deliciar, com a sua voz, a sua melodia e vários ritmos (...) mostra neste novo CD, toda sua versatilidade musical. Destaque, para a faixa ...Tolerância...



Arte é...









































Para quem Gosta de Gostar...

dna.imagini.net ...clique em personality test, a seguir carregue em qualquer imagem, e irá ver que há um mundo infindável de outras imagens, que se seguem, e prosseguem a si mesmas. Vale a pena pra quem é amante de arte e não só (...), uma vez que, a arte engloba um infinito de coisas apreciáveis e subjectivas para qualquer ser, pois todos nós gostamos de alguma coisa...

Não deixem de ver. Garantidamente não se irão arrepender...boas viagens... e pra si que é um sonhador como eu, Bons Sonhos...

Já agora faça o teste até ao fim e surpreenda-se com o resultado,...já fez e que tal???

sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

A escolha musical para Hoje...


you learn

You live you learn
You love you learn
You cry you learn
You lose you learn
You bleed you learn
You scream you learn


(...)


You grieve you learn
You choke you learn
You laugh you learn
You choose you learn
You pray you learn
You ask you learn
You live you learn

Alanis Morissette, "You Learn"

Sugestões Cinematográficas

Woody Allen está de volta. É a sua terceira aventura inglesa, depois de 30 anos a ser o realizador de Nova Iorque, apaixonado pela big apple, está agora rendido aos charmes britânicos. Talvez seja pelo fracasso no box-office que os seus filmes têm tido desde há algum tempo nos EUA, salvando-se apenas na Europa. Match Point foi um marco. Não só inaugurou esta nova fase da carreira do realizador, como era em si um filme extraordinário. O Sonho de Cassandra parece ser um pedido de desculpas pela teoria defendida em Match Point. Dois irmãos com problemas financeiros resolvem matar um homem a pedido de um tio rico, que os recompensa generosamente. A culpa. O tema central de O Sonho de Cassandra é a culpa, a linha que se atravessa entre o bem e o mal, e as consequências de a atravessar. Era já um dos temas de Match Point, mas enquanto que nesse filme era abordada de uma perspectiva intrigante (a sorte como o factor fundamental que decide o nosso caminho na vida), aqui é quase um regresso aos clássicos. O Sonho de Cassandra é uma tragédia clássica, grega, com os temas e construção de uma tragédia grega, mas com a working class inglesa como pano de fundo. Ewan McGregor e Colin Farrell fazem os respectivos papeis em modo automático (Farrell tem duas caras apenas, sobrancelhas levantadas em sofrimento, ou sobrancelhas para baixo). No final de contas é melhor que a média do que se costuma encontrar pelas salas, mas um Woody Allen nitidamente menor.

Sabiam que...

Tautologia
Na constante procura de falar e escrever melhor, pareceu-me importante partilhar isto:
A tautologia é um vício de locução que consiste em dizer sempre a mesma coisa, com palavras diferentes, mas com o mesmo sentido. O exemplo clássico é o famoso 'subir para cima' ou o 'descer para baixo'. Mas há outros. Deixo aqui uma lista mais ou menos extensiva dos mais comuns:
- elo de ligação
- acabamento final
- certeza absoluta
- quantia exacta
- nos dias 8, 9 e 10, inclusive
- juntamente com
- expressamente proibido
- em duas metades iguais
- sintomas indicativos
- há anos atrás
- vereador da cidade
- outra alternativa
- detalhes minuciosos
- a razão é porque
- anexo junto à carta
- de sua livre escolha
- superávit positivo
- todos foram unânimes
- conviver junto
- facto real
- encarar de frente
- multidão de pessoas
- amanhecer o dia
- criação nova
- retornar de novo
- empréstimo temporário
- surpresa inesperada
- escolha opcional
- planear antecipadamente
- abertura inaugural
- continua a permanecer
- a última versão definitiva
- possivelmente poderá ocorrer
- comparecer em pessoa
- gritar bem alto
- propriedade característica
- demasiadamente excessivo
- a seu critério pessoal
- exceder em muito
Assim se fala em bom português!

Se estivesse contigo hoje Dir-te-ia...



Não é fácil
Não pensar em você
Não é fácil
É estranho
Não te contar meus planos
Não te encontrar
Todo dia de manhã
Enquanto tomo meu café amargo
É, ainda boto fé
De um dia te ter ao meu lado
Na verdade eu preciso aprender
Não é fácil, não é fácil
Onde você anda
Onde está você
Toda vez que saio
Me preparo pra talvez te ver
Na verdade eu preciso esquecer
Não é fácil, não é fácil
Todo dia de manhã
Enquanto tomo meu café amargo
É, ainda boto fé
De um dia te ter
ao meu lado
O que eu faço
O que posso fazer?
Não é fácil
Não é fácil
Se você quisesse ia ser tão legal
Acho que eu seria mais feliz
Do que qualquer mortal
Na verdade não consigo esquecer
Não é fácil
É estranho

Marisa Monte

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Gosto, porque gosto e somente porque não poderia deixar de gostar...


Gosto de gente que gosta de conhecer gente, somente por gostar...gosto de quem gosta de contemplar o saber estar...gosto de sentir o cheiro do mar, da terra molhada quando chove, do miar do gato que passa, do pássaro que passou e as asas abanou. Gosto da estrela que cai e deixa o seu rasto. Gosto de quem tem a humildade de dizer gosto de ti, obrigado e desculpa se assim for necessário...gosto, gosto mesmo, de quem tem coragem de ser como é, sem tabus, nem fronteiras. Gosto de quem gosta de velas, insenso, música e mirar as estrelas.Gosto de quem gosta daquilo que não é pra gostar, porque não está na moda, e somente está lá, e tem direito a lá estar. Gosto do cheiro a Outono, do cachecol, das luvas e das mãos dadas. Gosto que me digam coisas ao ouvido, como quem me chama perto, e diz, vem quero sentir o teu cheiro...gosto de cheiros, do toque e do paladar acentuado das coisas. Gosto de especiarias, rituais e quimeras. Gosto de sentir o calor do sol nas minhas entranhas. Gosto de lagos, castelos e montanhas. Gosto de olhar nos olhos...gosto de quem sabe o que quer e como quer e não tem vergonha de exprimir uma emoção...Gosto da palavra que vem do coração...Gosto de um sorriso e de uma gargalhada. Gosto de quem saia, mas que saiba quando é pra ficar...gosto de uma lareira, um livro, a chuva que cai lá fora e também de quem quer estar...Gosto de arte, da natureza, do mar e do efeito que me causa e transforma o meu estar. Gosto de falar, ouvir e se preciso calar. Gosto de quem não despreza e prefere escutar e não julgar...Gosto da lua cheia e da estrada que não sei onde vai dar...Gosto de gostar tanto, que nem o fôlego sei como recuperar...Gosto de imaginar algo sem fim...Gosto de quem diz ,estou aqui e vim pra ficar...Gosto de saber línguas e entender que há um mundo além mar...Gosto da essência das coisas, que nos deram a génese e a forma de estar...Gosto do jeito de estar da gente que passa, olha sem falar, mas que deixa, algo no ar. Gosto da vida e da forma que corre sem parar...Gosto de quem sonha a vida inteira, não fosse eu um pescador de sonhos...Gosto de tudo isto e daquilo que ficou por frisar...

Hoje...como em outros dias estou assim...

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Ser Poeta é ser Eterno...

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morrer como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!!

Florbela Espanca

Se é pra Amar, tem que ser intensamente, compulsivamente e perdidamente...

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Poesia Musical ou um Sonho de Música?...


Amy Winehouse, já ouviram falar?
Magnifico som e melodiosa a sua voz...
Fico satisfeita quando descubro vozes dentro do que gosto de ouvir, e aposteriori essas vozes vêem a ser reconhecidas pelo público, faz-me sentir especial, que tenho bom gosto...e quanto a Amy, amigos de facto é preciso ter um ouvido refinado, porque é uma voz que veio pra ficar...obviamente que estou a falar pra quem gosta de Jazz, porém o seu som não é só jazzistico, tem qualquer coisa de Soul, de R&B, de Bossa Nova, de Blues...uma fusão que resulta em pleno...
E pra confirmar o que vos partilho, nomeada para 6 grammys, recebeu 5, consagrando assim, a sua postura perante a arte do que faz bem...se não acreditam oiçammm....
Não deixem de ouvir o primeiro albúm Frank, mas principalmente, este último Back to Black, e digam, temos Diva ou não??
A grande vencedora dos Grammys deste ano, tem estreia marcada para os palcos nacionais a 30 de Maio no Rock In Rio Lisboa. Para o mesmo dia, estão já confirmados Lenny Kravitz, James Morrison, Ivete Sangalo, Sam the Kid & Cool Hipnoise.






quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

O Valor das coisas...


O valor das coisas não está no tempo em que elas duram,
mas sim na intensidade com que acontecem.
Por isso existem momentos inesqueciveis,
coisas inexplicáveis e pessoas imcomparáveis.


Fernando Pessoa

Hoje em dia especial sonho que...


Contigo queria estar
sem ti ando a navegar
em águas turvas me vejo e pelejo
por um melhor lugar

Hoje não vi os teus olhos
bem falta me fazem
vou tentar outra abordagem
sem rebeldia, mas com coragem

o segredo é sonhar
o segredo é acreditar
que amor, meu amor
sem ti não vou ficar

fico no aguardo da alegria acreditar
que ao teu lado é o meu lugar
e contigo irei passear
onde o vento alcança o mar

e nada mais se faz senão amar

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Para quem não conhece as obras de Klimt, vale a pena visitar o Museu Leopold Viena-Aústria. Podemos contemplar o seu mais famoso quadro o Beijo. Porém existem outras obras não tão notórias mas igualmente belas. Convido-vos a ver a Árvore da vida que também retrata o Beijo mas neste caso, no quadro a Árvore da vida o Beijo teve outro nome- Full Feelmint.


Partilhas...Cinematográficas e não só...

Não há nada melhor do que a partilha... Ou há?
O que Deus nos deu de melhor...
Foi aprender a Amar. Essa arte sublime que levamos a vida inteira a tentar decifrar...que nos faz crescer, amadurecer e tudo em prol de um outro self, um outro eu. Curioso no minimo...
Quem não quer ser amado? ou não deseja amar alguém perdidamente?
Quero partilhar os dois filmes que vi esta semana e que recomendo vivamente.
Embora distintos, ambos retratam algo que por vezes ou quase sempre é tão dificil de lidar...a angústia de perdermos alguém que amamos...
Convido-vos a ver Expiação e P.S. I Love You, ambos com um excelente elenco de actores, muito bem dirigidos e um formidável screenplay, assim como uma boa fotografia...aqui fica a minha sugestão.

Expiação

Em 1935, uma escritora de 13 anos, Briony Tallis (Saoirse Ronan), e a sua família vivem uma vida de riqueza e privilégios na sua ostentosa mansão. No dia mais quente do ano, gera-se uma atmosfera asfixiante, por culpa da ágil imaginação de Briony. Robbie Turne r (McAvoy), o filho do mordomo, vive apaixonado pela irmã de Briony, Cecilia (Knightley) e basta apenas uma faísca para a relação se tornar mais forte. Quando isso acontece, Briony - que tem um fraquinho por Robbie - sente-se no direito de interferir, resolvendo acusá-lo de um crime que não cometeu. Cecilia e Robbie declaram-se, mas ele é preso - e em conjunto com a falsa testemunha Briony, o rumo destas três vidas é alterado para sempre. Briony tenta encontrar o perdão pelo erro infantil e através de um acto terrivelmente imaginativo, encontra um caminho para a redenção, e compreensão daquele tipo de amor que perdura.



P.S. I Love You

Holly Kennedy (Hilary Swank) é bonita, inteligente e casada com o amor da
sua vida – Gerry (Gerard Butler) – um apaixonado, divertido e impetuoso Irlandês. Assim sendo, quando Gerry morre, a vida de Holly parece ter também terminado. A única pessoa que a pode ajudar, já não está com ela. Ninguém conhece Holly melhor do que Gerry. Mas, por sorte, ele planeou tudo com muita antecedência. Antes de morrer, Gerry escreve a Holly uma série de cartas que a orientarão, não apenas no seu desgosto mas também na redescoberta de si mesma. No seu 30º aniversário, Holly recebe uma mensagem em forma de bolo: para seu grande choque é uma cassete gravada por Gerry, que a incita a sair e celebrar a vida. Nas semanas e meses que se seguem, mais cartas de Gerry lhe são entregues de formas surpreendentes, cada uma remetendo Holly para uma nova aventura e todas terminando com da mesma for ma: P.S. I Love You.A mãe de Holly (Kathy Bates) e as suas melhores amigas, Denise (Lisa Kudrow) e Sharon (Gina Gershon), começam a preocupar-se com o facto das cartas de Gerry estarem a deixar Holly demasiado agarrada ao passado, mas, na verdade, cada carta leva Holly a dar mais um passo na direcção ao futuro. Com as palavras de Gerry como seu guia, Holly em barca numa tocante, excitante e por vezes hilariante viagem de redescoberta numa história sobre casamento, amizade e como a força do amor consegue transformar a morte num novo começo de vida.
(Gerard Butler) – um apaixonado, divertido e impetuoso Irlandês. Assim sendo, quando Gerry morre, a vida de Holly parece ter também terminado. A única pessoa que a pode ajudar, já não está com ela. Ninguém conhece Holly melhor do que Gerry. Mas, por sorte, ele planeou tudo com muita antecedência. Antes de morrer, Gerry escreve a Holly uma série de cartas que a orientarão, não apenas no seu desgosto mas também na redescoberta de si mesma. No seu 30º aniversário, Holly recebe uma mensagem em forma de bolo: para seu grande choque é uma cassete gravada por Gerry, que a incita a sair e celebrar a vida. Nas semanas e meses que se seguem, mais cartas de Gerry lhe são entregues de formas surpreendentes, cada uma remetendo Holly para uma nova aventura e todas terminando com da mesma forma: P.S. I Love You.A mãe de Holly (Kathy Bates) e as suas melhores amigas, Denise (Lisa Kudrow) e Sharon (Gina Gershon), começam a preocupar-se com o facto das cartas de Gerry estarem a deixar Holly demasiado agarrada ao passado, mas, na verdade, cada carta leva Holly a dar mais um passo na direcção ao futuro. Com as palavras de Gerry como seu guia, Holly embarca numa tocante, excitante e por vezes hilariante viagem de redescoberta numa história sobre casamento, amizade e como a força do amor consegue transformar a morte num novo começo de vida.



Espero que gostem...Bom Filme..Bons Sonhos...