sexta-feira, 9 de maio de 2008

Amar...

Existem inúmeros textos que falam sobre Amor...Poetas,Cantores,Filósofos,Psicólogos, Teólogos,Quimicos,etc Já tentaram definir esse fenómeno indiscritivel, que nos faz vibrar,sorrir, saltar de emoção, sentir um corropio por todo o corpo,sentir que estamos verdadeiramante vivos...como é bom amar...amar é sinónimo de respeito, confiança, partilha, companheirismo, amizade, amar é cuidar, amar é admirar com o Cérebro...por mais palavras que acrescentasse nada completaria esse vocábulo que parece interminável e que nos transcende...

Uma das pessoas que mais amei foi a minha querida avó, como era sábia e sabia Amar...ensinou-me que o amor verdadeiro é incondicional e não é efémero, tinha 7 anos na altura, não entendi o que queria dizer, respondeu-me que com o tempo iria compreender e mais que isso o meu coração iria comunicar-me, pois é, não se enganou ...

Um dia um jovem branco que passava junto a um acampamento indio, parou e perguntou a um indio porque as suas prezes, rituais e canções falavam sempre de água, a isto indio respondeu, porque falamos daquilo que mais nos faz falta...aproveitando ainda pra perguntar ao jovem que passava, então e vocês de que falam e sobre o que são as vossas canções?? O Jovem respondeu na maioria falam de Amor...(provavelmente pq buscamos algo que tb nos faz falta, talvez mesmo o q mais falta nos faz).

Por isso e se tivesse que descrever ou escrever sobre o seu significado escolheria a voz inconfundivel e única de Shirley Bassey com Never,Never, Never...


http://www.youtube.com/watch?v=gyY8QkKMEig

2 comentários:

supergato disse...

Tens toda a razão, as palavras são parcas para descrever sentimentos avassaladores. O amor sente-se na alma, no corpo, sai-nos pelos olhos, pelos poros pela boca... sai de todo o lado ao mesmo tempo e entra... entra por todo lado ao mesmo tempo!
Um grande beijinho:-)

Barraganitas disse...

obrigado...gosto da forma como te expressas, sai-te como de um sopro...um bem haja pra ti...bjcas