quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Hoje como tantas outras vezes


Cuidei de mim, porque se não o fizer ninguém o fará...pelo menos da forma que é importante sermos nós mesmos a fazé lo... sim, duvidam que alguém cuida de nós melhor que nós mesmos???
Sim, cuidei de mim...
fiz uma aula de Tai Chi Chuan. Meu Deus que magnifico, que leveza de espirito, nao foi a primeira vez, mas caramba já nao me lembrava, o quanto é prazeroso, é arte pura, é historia que percorre um corpo que desconhece essa mesma história, é estar sem preconceitos, é libertarmos movimentos sem nos preocuparmos com as figuras que fazemos...
Hoje como tantas outras vezes
viajei...estive por momentos algures na China e fui um samurai, um monge em comunhao com o seu corpo e alma...
senti me livre... leve como uma pena que sobrevoa a nuvem mais alta e bela...
fiz uma massagem, deixei me levar pelas maos que me tocavam, que insistiam em retirar me os nós que me bloqueavam e que quase me sufocavam...para enfim voltar a respirar...sim respirar...
hoje como tantas outras vezes
parei e respirei, para somente perceber que cada minuto que respiro sao 60 segundo que vivo...
Hoje como tantas outras vezes...
espretei o mar, caminhei na praia, senti a àgua tocar-me, abraçando me os pés e quase que a arrefecer me a alma...
hoje como tantas outras vezes
cuidei de mim, porque sim, porque me faz bem...
hoje comi algo que nunca tinha comido, vesti algo que nunca tinha vestido, olhei o horizonte como nunca o tinha olhado, vi rostos que nunca tinha visto, estive num lugar nunca visitado... e sim hoje cuidei de mim...porque so assim cuidarei de ti, de mim e de nós...hoje fiz por mim porque amanha poderei faze lo por ti...

Hoje como tantas outras vezes...

1 comentário:

Faz de conta que sou escritora... disse...

Conseguir resgatar da frenética actividade em que se vive, um dia para se proporcionar a si próprio um acto de amor é, de facto, uma benção...é perceber que para além de todas as personagens que "encarnamos" diariamente de acordo com os diferentes contextos em que nos encontramos, somos acima de tudo pessoas,que precisam de alimentar o coração e a alma de vez em quando...cuidar de nós é amarmo-nos, acarinharmo-nos...cuidar de nós é queremos crescer, desenvolver, progredir, é gostarmos do que somos...
cuidar de nós é encontrarmos pequenos paraísos escondidos no interior da nossa alma e nos perdermos deles, voar para longe em pensamento, viver noutro mundo por instantes...é renovação...

Parabéns por todos os momentos que gosta de si, que faz algo por si e eleva a sua alma a lugares que só você conhece, mas que está disposta a partilhar no simples acto de amar alguém...

Desejo-lhe muitos dias iguais ou parecidos ao que descreve aqui,mas sempre especiais

Obrigada por me fazer pensar nisto...

Meu carinho